quinta-feira, 8 de novembro de 2012

1º Encontro GURPS Brasil

Salve, galera! Esta aqui vai para os fãs de RPG, principalmente a galera de São Paulo - Capital! No próximo dia 8 de dezembro (portanto, 30 dias a partir deste post), ocorrerá, com apoio da The Book Editora, o 1º Encontro GURPS Brasil, na loja da Devir editora, a representante oficial do jogo no Brasil.
O evento terá entrada gratuita, várias mesas de jogo, como é o tradicional, e uma atração especial, o torneio Arena GURPS 125: Uma simulação de combate um contra um usando as regras de combate tático de GURPS. Dois homens entram, um homem (ou nenhum, se bobear) sai!

O evento nasceu de uma discussão entre membros do GURPS Group Brasil no Facebook (eu faço parte do grupo), ao notar que nosso sistema favorito andava pouco em evidência entre outros fãs de nosso hobby. Então, numa tentativa de reverter um pouco essa situação, o grupo mobilizou-se, buscou o apoio da Devir, e agora aí estamos.

O evento será para todos que curtem ou queiram curtir RPG, quer sejam familiarizados com GURPS ou não, a intenção é divulgá-lo e garantir uma tarde bem divertida para todos. As inscrições já estão abertas no hotsite do evento, não percam tempo! E aguardem a cobertura do Gambiarra Blog após o evento!

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Financiamento coletivo de Dungeon Monsters: Update

Salve, galera! Recebemos notícias do Helio Greca, do Rocky Raccoon, a respeito do financiamento coletivo para lançamento do card game Dungeon Monsters. E a informação é que o projeto se aproxima da reta final.

Como o resultado do financiamento foi superior à meta prevista, foram incluídas novas premiações. E agora com pouco mais de uma semana, é o momento para garantir sua compra antecipada a um preço especial!

Acesse a página do financiamento coletivo e não perca essa oportunidade!

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Pequenas Guerras

Olá, pessoal! Lembram de quando eu postei "mudanças em breve", não? E lembram que na ocasião eu disse que a GUERRA chegaria em 2013? Pois é, HOJE é em breve e a guerra JÁ CHEGOU!

Tenho o prazer de apresentar PEQUENAS GUERRAS, o wargame escrito por ninguém menos que um dos avôs da ficção científica, H.G. Wells. Até o momento, o jogo jamais havia sido traduzido para o português, e agora acabo de lançar, pela The Book Editora, a primeira tradução desta obra para a língua de Camões.

O livro, disponibilizado no sistema de impressão sob demanda, está disponível para compra através da rede Bookess, com frete gratuito. Basta clicar aqui e comprar. E em breve, de acordo com a intenção do RPG4Free em disponibilizar e divulgar materiais gratuitamente, disponibilizarei aqui a versão em PDF para download gratuito. E vocês já viram que meu "em breve" leva em torno de um mês, então... Considerem isso como um test-drive do sistema, além de ser a coisa ética a se fazer, uma vez que o livro originalmente é de domínio público.

E agora, CARGA em direção à Bookess!

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

The System

Saudações, pessoal! Aqui estamos com mais uma jóia dos RPGs gratuitos. Trata-se do criativamente batizado The System, da New Big Dragon Games, mais um representante da atual tendência em emular o estilo e o espírito das regras de jogos antigos, mas com uma grata diferença da maior parte dos retroclones: em vez de ser mais um descendente do D&D, The System busca ser um sistema universal e genérico. Os mais atentos podem ver nessa descrição uma semelhança com o conceito do GURPS, mas na verdade a inspiração vem de algo um pouco mais antigo e pouco conhecido por estas bandas, o HERO System (uma das influências que guiaram Steve Jackson na criação de seu sistema). Assim como os dois sistemas mencionados, The System apresenta a possibilidade de construir personagens em qualquer tipo de período/cenário, e também como eles, apresenta um sistema de regras bem simples, que cabe em menos de 30 páginas, mas é construído de forma sólida o suficiente para que seja passível de ampliações sem se tornar uma colcha de retalhos contraditória. Altamente indicado para interessados em versatilidade genérica e forte candidato a substituir o GURPS como meu sistema principal.

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Comunicado: Mudanças em breve

Olá novamente, pessoal!
O ano de 2012 tem sido um ano de muitas mudanças e novidades nos mais variados aspectos de minha vida. E em breve algumas dessas mudanças serão refletidas aqui no RPG4free e no "blog irmão", The Book Zine.
E em 2013, a GUERRA chegará.

Financiamento coletivo de Dungeon Monsters


Um momento um pouco menos "free" no nosso blog: Estou aqui trazendo a notícia da campanha de financiamento coletivo para a primeira impressão do card game Dungeon Monsters, criação do Hélio Greca da editora (além de loja e blog) Rocky Raccoon. A proposta do jogo é ser focado na diversão em grupo, não em duelos, como a maioria dos card games existentes no mercado.

Dungeon Monsters: The Card GameO jogo já tem suas regras prontas e só está realmente necessitando do investimento para a impressão. Para isso, Hélio iniciou uma campanha de financiamento coletivo no site movere.me. As recompensas disponíveis são bem interessantes, como canecas, mouse pads e, obviamente, uma cópia do próprio jogo. E os valores solicitados não são muito altos. Este realmente é um projeto que DÁ para sair do papel (ou melhor, sair da tela e entrar no papel, né?), e você pode ser parte disso. Então vamos lá fazer nossa parte?
Link da campanha: https://www.movere.me/projeto/171-dungeon-monsters-the-card-game/

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Repost: Gambiarra Blog

Salve, galera! Não, ainda não é a atualização mensal de julho, apenas estou dando um repost de uma resenha que postei lá no Gambiarra Blog e que não se encaixa com a proposta deste espaço, mas como é RPG creio que o pessoal pode se interessar, certo? Então, vão lá, pessoal, e confiram minha resenha do Warhammer Fantasy Roleplay! :D
http://gambiarrablog.blogspot.com.br/2012/07/na-estante-warhammer-fantasy-roleplay.html

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Lajedos e Lagartos

Salve, galera! A gente chacoalha mas não cai! Depois de pular um mês, aqui estamos com mais um interessante jogo gratuito, e desta vez, para variar um pouco, não é mais um retroclone de D&D. Embora seja, de certa forma. Como assim? Continue lendo...
O jogo que temos aqui em mãos, Lajedos e Lagartos, é uma proposta bem interessante: uma reimaginação de D&D ambientada no ambiente fantástico do sertão nordestino, ou como o próprio autor define "uma idade média fora de época". E não, não é um Desafio dos Bandeirantes requentado. O cenário aqui apresentado tem muito mais a ver com filmes como Deus e o Diabo na Terra do Sol, de Glauber Rocha ou com o livro Sertões, de Euclides da Cunha. Ou seja, temos senhores de engenho semelhantes a senhores feudais, visionários religiosos ao molde de Antonio Conselheiro, cangaceiros, cabras valentes do sertão e todas as lendas e mitos daquela região! Impressionante o trabalho de Daniel dos Santos, do blog Pensotopia, que ainda tratou de redigir o livro em um estilo semelhante ao da literatura popular típica do nordeste. Um pouco do Brasil que o Brasil não conhece.
Além da inovação do cenário, temos aqui também uma alteração significativa da mecânica do jogo, trocando os dados multifacetados por cartas de baralho comuns. E até nisso percebe-se a influência da cultura nordestina, pois as regras de uso do baralho são diretamente influenciadas por jogos da região.
Enfim, um trabalho bem interessante, ainda em estágios iniciais de desenvolvimento, de acordo com o próprio desenvolvedor, mas já viável para mestrar. Pode-se pensar nisso como um playtest gigante. Altamente recomendado, se não por qualquer outro motivo, pelo mero fato de apresentar uma ambientação fora do arroz com feijão da fantasia.

sexta-feira, 27 de abril de 2012

A Batalha do Apocalipse

Saudações, pessoal! Aqui estamos com mais um RPG gratuito para quem gosta de conhecer trilhas um pouco diferentes no seu roleplay.
A imagem da capa. É...
O jogo A Batalha do Apocalipse, baseado no cenário criado pelo autor Eduardo Spohr para seu romance homônimo, coloca o jogador na pele de um anjo ou demônio durante uma prolongada guerra entre as regiões espirituais tendo o mundo mortal como uma de suas frentes de batalha.
A primeira coisa que chama a atenção ao analisar o material é sua densidade. Normalmente espera-se de um RPG gratuito um material mais leve e de leitura rápida, mas não é o caso aqui, tratam-se de mais de 70 páginas de um material complexo mas sem complicações, ou seja, uma mecânica de regras bem trabalhada, mas sem burocracias desnecessárias. Tal característica torna-se ainda mais surpreendente quando vemos na capa que o jogo ainda está em sua versão 0.2, ou seja, supostamente a meta ainda é torná-lo mais sólido para uma versão definitiva.
Esta imagem está no site do download. E no livro?
O jogo aborda regras para os poderes divinos de anjos e demônios, as hierarquias e castas dessas criaturas espirituais, combate, proezas e ações físicas e até mesmo armas e equipamentos mágicos. De fato, a única falha que consegui perceber no material foi uma ausência de suporte visual. As únicas figuras que vemos no decorrer do livro são uma ilustração de Ablon e Apollyon na capa e os glifos das castas angelicais e demoníacas acompanhando suas respectivas descrições. Uma pena, uma apresentação visual mais detalhada com certeza facilitaria a atração de mais interessados. Mas enfim, da forma como está, já é um bom sistema bem sólido, aliado a uma ambientação interessante. Vale a pena ser conferido.

sábado, 31 de março de 2012

New Dragon

Olá, pessoal! Aqui estamos nós divulgando mais um sistema gratuito que navega pela grande rede. Desta vez, o escolhido foi um lançamento novinho em folha, fruto de iniciativa nacional. Trata-se do New Dragon, outro retroclone de Dungeons & Dragons, que no entanto, trata de adicionar algumas características próprias em vez de buscar seguir rigidamente o sistema original. De fato, esse mero fato já é o suficiente para que eu tenha dúvidas quanto a chamá-lo de "retroclone", efetivamente. 
O sistema usado é o d20 sob a licença OGL, mesmo, mas percebe-se algumas diferenças em relação ao D&D logo de partida, como o texto mais enxuto e conciso, o que permite em um único volume de 185 páginas termos uma extensa lista de Habilidades Especiais (Os "feats"), um sistema de combate descrito de forma sólida, uma longa lista de armas, armaduras e equipamentos com descrições para cada item, um sistema de magias e uma lista de feitiços caprichada... E ainda estamos só na metade do livro!
Outra das diferenças do livro é que ele (semelhantemente a Dragon Age RPG) apresenta apenas 3 classes iniciais, mas há a opção de uso das classes especiais (As "prestige classes"), que são mais outro capítulo à parte no livro.
Enfim, não consigo pensar pontos negativos para esta iniciativa. É um trabalho bem-feito, coerente (conseguiu até ressuscitar o velho conceito de Energia Física do Tagmar! Boa sacada!) e sólido! Ideal para quem, como eu, sente falta daquele clima do AD&D 2ª Edição (só faltou umas regras para psiônicos!).
O endereço oficial do sistema é: http://newdragonrpg.blogspot.com.br/, lá vocês podem baixar o PDF e ficar atualizados sobre quaisquer novidades.

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

F.U.D.G.E.

Olá, galera! Aqui estamos com mais uma coluninha sobre RPG, desta vez enfocando um tipo de material que não é tão recorrente nesse mundinho dos jogos gratuitos, que são os sistemas genéricos. De fato, quando se trata de RPGs gratuitos o mais comum é encontrarmos sistemas específicos para determinado gênero (e em sua maioria esmagadora, fantasia medieval), assim sendo, o FUDGE, da editora americana Grey Ghost Press, é uma grata exceção.
E o que, exatamente é o FUDGE? Já me referi a ele como um sistema genérico, mas a coisa vai um pouco mais além; creio que ele pode ser melhor definido como uma estrutura genérica para a criação de jogos. Em vez de oferecer um conjunto de atributos fechados, por exemplo, o mestre é quem tem a oportunidade de definir quais atributos serão usados em sua aventura/campanha. Isso, somado a um sistema de perícias e vantagens/desvantagens (aqui batizadas de bêncãos e falhas, respectivamente) garante que seja possível recriar seu sistema de jogo favorito ou, ainda melhor, criar uma mescla de seus sistemas de jogo favoritos como um todo coeso. De fato, é possível mesclar o sistema de combate de D&D com o de magias de GURPS e netrunning de Shadowrun, por exemplo. Bem como é possível criar um sistema que use o mínimo possível de regras e rolagem de dados, uma vez que é possível definir níveis de atributos e perícias simplesmente através de adjetivos, em vez de números. Para os fãs da atual tendência de jogos mais narrativistas, este é sem dúvida um prato cheio!
Por fim, vale mencionar que há uma bela versão traduzida para o português brasileiro (feita por Fábio Emílio Costa, responsável pelo antigo Fudge Brasil, que ainda está no ar e pelo mais atual blog +4) rolando internet afora pelo menos desde 2008, portanto não há desculpa para ficar sem nem ao menos experimentar esta maravilha, que já tem sua base de fãs fiéis mundo afora e que pode bem ser uma solução para fãs de um certo sistema genérico cuja editora não tem dado muita atenção para a produção de suplementos.